O programa de avaliação da atenção básica na ótica dos profissionais de saúde e gestores

Maria Aparecida Salci, Marcelle Paiano, Cremilde Aparecida Trindade Radovanovic, Lígia Carreira, Betina Hörner Schlindwein Meirelles, Denise Maria Vieira Guerreiro da Silva

Resumo


Objetivo: compreender a percepção dos profissionais de saúde e gestores acerca dos benefícios do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica. Métodos: estudo qualitativo, tendo como base conceitual o Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica e referencial metodológico a pesquisa avaliativa. Participaram 32 profissionais de saúde. Para a coleta de dados, utilizou-se a entrevista aberta e para a análise, obteve-se as etapas analíticas da Grounded Theory com auxílio do software ATLAS.ti. Resultados: o Programa proporcionou melhorias para a prática assistencial, que antes da avaliação não eram valorizadas e desenvolvidas pelos profissionais. Entretanto, insuficiências foram pontuadas, principalmente no que tange à condução do processo avaliativo. Conclusão: para os participantes do estudo, o Programa proporcionou experiências positivas, que culminaram na reorganização de algumas atividades. Entretanto, insuficiências foram apontadas, principalmente quanto ao caráter normativo dessa avaliação. 


Palavras-chave


Avaliação em Saúde; Pesquisa sobre Serviços de Saúde; Atenção Primária à Saúde; Pesquisa Qualitativa.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20192033980

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

Marca ABEC Completa