Percepções de enfermeiras sobre supervisão em enfermagem na Atenção Primária à Saúde

Beatriz Francisco Farah, Herica Silva Dutra, Ana Cecília Thamer Miranda Ramos, Denise Barbosa de Castro Friedrich

Resumo


Objetivo: compreender as percepções de enfermeiras sobre supervisão em enfermagem no processo de trabalho. Métodos: pesquisa qualitativa, com entrevista semiestruturada, realizada com 16 enfermeiras. Análise dos dados realizada por meio de análise de conteúdo. Resultados: dois núcleos de significados emergiram das falas das participantes: Atividades de enfermeiras nas Unidades de Atenção Primária à Saúde e Percepções de enfermeiras sobre o que é supervisão em enfermagem. Na primeira categoria, elencou-se como ações o preenchimento de formulários e relatórios, em detrimento da supervisão do serviço de enfermagem. Na segunda, a supervisão foi percebida como função de gerenciamento e acompanhamento das atividades planejadas pela equipe, contrapondo a concepção clássica de supervisão, a de fiscalizar. Conclusão: a supervisão em enfermagem configurou-se, para as enfermeiras da Atenção Primária à Saúde, como uma função de natureza administrativa que envolve planejamento, organização, coordenação, avaliação, acompanhamento e de apoio para a equipe de saúde.

Palavras-chave


Supervisão de Enfermagem; Atenção Primária à Saúde; Enfermagem

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/rev%20rene.v17i6.6501

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

 Marca ABEC CompletaResultado de imagem para Rede Iberoamericana de Editoração Científica em Enfermagem