Diminuir as despesas militares e impulsionar o desenvolvimento humano

argumentos contidos nos relatórios publicados entre 2006 e 2014 do PNUD/ONU

Resumo

Nos 20 Relatórios do Desenvolvimento Humano (RDHs) já publicados, há centenas de diagnósticos e prescrições. São muitas as tentativas de indicar caminhos para a implantação e expansão de ações e de procedimentos nas áreas que envolvem a educação, a saúde, o meio ambiente, o saneamento, a moradia adequada, entre outras. Por meio de uma pesquisa documental, busca-se compreender o significado social e político da defesa que os autores e encampadores desses materiais, editados a partir de 2006, conferem as escolhas e as decisões racionalmente voltadas tanto para a redução dos gastos militares quanto para a sua utilização na implantação do desenvolvimento humano. A partir de uma perspectiva teórico-metodológica que pressupõe a necessidade de fazer uma contextualização histórica das narrativas e dos argumentos em favor da diminuição dos gastos militares, verifica-se que os relatórios, ainda que não tenham elementos para uma crítica substantiva à tradição militarizada que sustenta os Estados nacionais, sugerem que se diminuam os exorbitantes recursos destinados aos setores militares, uma vez que há falta crônica de verbas naquelas áreas que poderiam levar ao cumprimento dos pactos mundiais em favor do desenvolvimento humano. 

Palavras-chave: Despesas militares; desenvolvimento hu-
mano; Estados; Nações Unidas.

Biografia do Autor

Maria José de Rezende, Depto. Ciências Sociais da Universidade Estadual de Londrina UEL

Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo

Mestre em Ciências Sociais pela PUC/SP

Professora de Sociologia do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais - UEL

Membro da Rede Latino Americana de Estudos em Políticas Sociais RIEPS

Referências

AZZELLINI, Dario. América Latina y la privatización de la guerra. Cuaderno de Marte: Revista Latino Americana de Sociología de la Guerra, Buenos Aires, n.4, p.247-262, jul. 2012. Disponível em: http://www.iigg.sociales.uba.ar/revistacuadernodemarte Acesso em: 24/02/2016.

BALLESTEROS, Jesús. Segurança humana, direitos e políticas públicas. Direito &Justiça. Porto Alegre, v.40, n.1, p.30-38, jun. 2014.

BALTAZAR, Maria da Saudade. “O Estado das relações civis-militares em democracia. Anais do IV Congresso português de sociologia. Coimbra, 17 a 19 de abril de 2000. Disponível em: http://www.aps.pt/cms/docs_prv/docs/ Acesso em 12/02/2016.

BRUSTOLIN, Vitelio M. Abrindo a caixa preta: o desafio da transparência dos gastos militares no Brasil. Rio de Janeiro, Dissertação de mestrado defendida na UFRJ/IE/PPED, 2009. Disponível em: http://www.ie.ufrj.br/images/pós-garduacao/pped/defesa Acesso em 20/02/2016.

CARILHO, Maria. Principais tendências na Sociologia Militar. 2007. Disponível em http://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/2934/1/ned07_mariacarilho.pdf Acesso em 16/02/2016.

CRAVO, Teresa de A. O conceito de segurança humana: indícios de uma mudança paradigmática? In Nasser, R. M. (org.) Os conflitos internacionais em múltiplas dimensões. São Paulo, Unesp, 2009. P.67-88.

CONSENSO de Costa Rica (2008): Perspectiva costarricense hacia el consenso de Costa Rica: desarrollo como un imperativo ético. Diálogo Regional sobre vFinanciamento al desarrollo y deuda externa en vísperas de la reunión de alto nível de la ONU encargada de examinar la aplicación del consenso de Monterrey. Doha, 2008. Disponível em: http://www.sela.org/media/267160/t023600002881-0-hacia_el_consenso_de_costa_rica_-_desarrollo_como_un_imperativo.pdf Acesso em 24/08/2016.

DAGNINO, Renato (2008). Em que a Economia de Defesa pode ajudar nas decisões sobre a revitalização da Indústria de Defesa brasileira? Okos, Rio de Janeiro, n.09, p.113-137.

DAGNINO, Renato e CAMPOS FILHO, Luiz A. N. Análise sobre a revitalização da Indústria de defesa brasileira. Anais do Encontro de Administração Pública e governança. ANPAD, 2006, p.1-6.

DEVIN Guillaume . Sociologia das relações internacionais. Salvador, UFBa, 2009.

DECLARAÇÃO DO MILÊNIO (2000). Assembleia Geral das Nações Unidas. ONU. Disponível em: http://direitoshumanos.gddc.pt Acesso em 07/05/2016.

ELIAS, Norbert. A condição humana: considerações sobre a evolução da humanidade por ocasião do quadragésimo aniversário do fim de uma guerra. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1991.

ELIAS, Norbert. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editores, 1994.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador: Formação do Estado e civilização. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 1994ª.

ELIAS, Norbert. Conocimiento y poder. Madrid: La Piqueta, 1994b.

ELIAS, Norbert. Modelos de Jogo. In Introdução à Sociologia. Lisboa, Edições 70, 1999. p.77-112.

ELIAS, Norbert. Envolvimento e alienação. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1998.

ELIAS, Norbert. Norbert Elias por ele mesmo. Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2001.

FUKUDA-PARR, Sakiko. Operacionalizando as ideias de Amartya Sen sobre capacidades, 2002. Disponível em: www.soo.sdr.sc.gov.br/index.php?option=com_docman...70 Acesso em 11 dez 2015

FURTADO, Celso. A reconstrução do Brasil. Praga: estudos marxistas. São Paulo, Hucitec, n.8, p.9-13, ago. 1999.

FURTADO, Celso. Em busca de novo modelo. Rio de Janeiro, Paz e Terra, 2002.

GIDDENS, Anthony. A questão da desigualdade. In. O debate global sobre a terceira via. São Paulo, Unesp, 2007. P.253-268.

GLEISER, Marcelo. Ainda podemos nos autodestruir: Risco de holocausto nuclear continua a assombrar o mundo. Folha de S. Paulo, 14 de ago. 2016. Caderno Ilustríssima, p.3.

GUZZI, André. Forças armadas em Moçambique: identidade quase étnica em uma instituição dominada pela FRELIMO? MATHIAS, Suzeley K. e ZIRKER, Daniel (orgs.). Militares e democracia: estudos sobre a identidade militar. São Paulo, Cultura Acadêmica, 2016

HERRERA, Rémy. O renascimento neoliberal da economia do desenvolvimento. O Diario.Info. 06 nov. 2006. Caderno Atualidade, p.1. Disponível em: www.galizacig.gal/actualidade/200611/odiario Acessado em 05 jul. 2016.

LEFORT, Claude. O direito internacional, os direitos do homem e a ação política. Tempo Social, São Paulo, v.12, n.1, p.1-10, maio 2000.

LEJBOWICZ, Agnés. Philosophie Du droit international. Paris, PUF, 1999.

LINS, Daniel e Wacquant, Loic (orgs.) Repensar os Estados Unidos: Por uma sociologia do superpoder. São Paulo, Papirus, 2003.

MILLS, Wright. A ascendência militar. In A elite do poder. Rio de Janeiro, Zahar, 1981. P.237- 288.

NUSSBAUM, Martha C; SEN, Amartya (ors). The quality of life. Oxford, Clarendon Press, 1993.

PNUD/IDHAC - Informe sobre Desarrollo Humano para América Central (2009/2010): Abrir espacios para la seguridad ciudadana y el desarrollo humano. PNUD/ONU, 2009/2010. Disponível em: Disponível em http://www.latinamerica.undp.org Acessado em: 08/08/2016.

PNUD/RDH (1991): Relatório do Desenvolvimento Humano: Financiamento do Desenvolvimento Humano. PNUD/ONU. 1991. Disponível em: http://hdr.undp.org/en/reports/global/hdr1991 [Acessado em 02/02/2016]

PNUD/RDH (1994): Relatório do Desenvolvimento Humano: Um programa para a cúpula mundial sobre desenvolvimento humano. Disponível em: Disponível em: <http://hdr.undp.org/en/reports/global/hdr1994>[Acessado em 20/01/2016]

PNUD/RDH (2000) - Relatório do Desenvolvimento Humano 2000: Direitos Humanos e Desenvolvimento Humano. Disponível em: <http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2000/download/pt>. [Acessado em: 11/08/2016].

PNUD/RDH (2001): Fazendo as novas tecnologias trabalharem para o desenvolvimento humano. Disponível em: http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2002/download/pt Acessado em 02/06/2016.

PNUD/RDH (2002): Relatório de Desenvolvimento Humano/2002: Aprofundar a democracia num mundo fragmentado. PNUD/ONU. Disponível em: http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2002/download/pt. Acessado em 02/07/16

PNUD/RDH (2005): Cooperação internacional numa encruzilhada. PNUD/ONU, 2005. Disponível em: <http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2005/download/pt>Acessado em: 08/07/2016

PNUD/RDH (2006): Além da escassez: poder, pobreza e a crise mundial da água. PNUD/ONU. 2006. Disponível em: http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2006/download/pt.> Acessado em: 27/02/2016.

PNUD/RDH (2007/2008). Relatório de Desenvolvimento Humano 2007/2008: Combater a mudança do clima: solidariedade frente a um mundo dividido. Disponível em: <http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2001/download/pt>. [Acessado em: 11/11/2016].

PNUD/RDH (2010): Relatório de Desenvolvimento Humano: A verdadeira riqueza das nações: caminhos para o desenvolvimento humano. PNUD/ONU. 2010. Disponível em: <http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2010/download/pt.> Acessado em: 11/06/2016

PNUD/RDH (2011). Relatório de Desenvolvimento Humano: Sustentabilidade e equidade: um futuro melhor para todos. PNUD/ONU. 2011. Disponível em: http://www.pnud.org/en/reports/global/hdr2011/download/pt Acessado em: 11/07/2016

PNUD/RDH (2013): A ascensão do sul: progresso humano num mundo diversificado. PNUD/ONU. 2013. Disponível em: <http://www.pnud.org.br/rdh.> Acessado em: 20/08/2016.

PNUD/RDH (2014): Sustentar o progresso humano – reduzir as vulnerabilidades e reforçar a resiliência. PNUD/ONU. 2014. Disponível em: <http://www.pnud.org.br/rdh.> Acessado em: 24/08/2016.

PUREZA, José Manoel. Segurança humana: vinho novo em odores velhos? In Nasser, Reginaldo M. (org.) Os conflitos internacionais em múltiplas dimensões. São Paulo, Unesp, 2009. P.21-33

SANTOS PACHECO, Maria Raquel P. e Marcondes Helene, Maria Elisa. Atmosfera, fluxos de carbono e fertilização por CO2. Estudos Avançados, São Paulo, v.4, n.9, p.202-219, jun. 1990.

SEN, Amartya. Desenvolvimento como liberdade. São Paulo, Cia das Letras, 2010.

SEN, Amartya. El valor de la democracia. Madrid, El Viejo Topo, 2006.

SEN, Amartya. A ideia de justiça. São Paulo: Cia das Letras, 2011.

SIPRI YEARBOOK (2015). Military Expenditure. Disponível em: HTTPS//www.sipri.org/yearbook/2015/09 Acessado em 05 ago. 2016.

SOARES, Samuel A. e MATHIAS, Suzeley K. Forças armadas, orçamento e autonomia militar. Perspectiva, São Paulo, nºs 24 e 25, p. 85-113, 2002.

SWEEZY, Paul & BARAN, Paul. Monopoly capital – an essay on the american economic and social order. New York, Monthly Rewiew Press, 1966.

SWEEZY, Paul. Comments on Szymanski´s paper “Military spending and economic stagnation”. American Journal of Sociology, n.79, p. 109-110, nov. 1973.

SZYMANSKI, Albert. Military spending and economic stagnation. American Journal of Sociology, n.79, p.1-14, july, 1973.

THERBORN, Goran. Globalização e desigualdades: questões de conceituação e esclarecimentos. Sociologias, Porto Alegre, vi, n.6, p.122-169, dez. 2001.

UL HAQ, Mahbub. Reflections on Human Development. Nova York, Oxford University Press, 1995.

Publicado
2019-06-13