Instruções aos Autores

Para submeter um manuscrito à consideração da revista, é preciso primeiramente registrar-se como autor no portal. Incentivamos aos autores a que se registrem previamente na plataforma ORCID e forneçam, em seus perfis no nosso portal, o número de seu ORCID https://orcid.org/sites/default/files/images/orcid_16x16(1).gif a fim de colaborar com os melhores esforços de atribuição de autoria científica.

Solicitamos que na inscrição como autores no portal sejam preenchidos todos os campos requeridos, afim de facilitar o fornecimento de metadados quanto à autoria, afiliação institucional e outros nos meios de divulgação e avaliação científica. 

Os artigos submetidos à Revista de Ciências Sociais para publicação devem ser inéditos e não podem ser submetidos simultaneamente a outras revistas ou órgãos editoriais.

A identificação dos autores é feita através da Submissão eletrônica do texto no Portal, preenchendo todos os campos, inclusive, os de coautoria, de modo que a identificação de autoria não deve ser feita no documento do texto (artigo ou resenha) a ser anexado. Nos campos de preenchimento de autores e coautores há espaços que devem ser preenchidos, como nomes completos dos autores, filiação institucional, sinopse curricular (dados sobre a formação acadêmica, afiliação institucional e principal publicação. Até 150 palavras), endereço postal para correspondência e endereço eletrônico.

Os textos poderão ter até no máximo 30 laudas, incluindo notas e referências bibliográficas. Devem ser enviados pelo autor através deste portal (clique em Enviar Submissão na Coluna Direita da página), em programa Microsoft Word (ou OpenOffice ou RTF), fonte Times New Roman, corpo 12, inclusive para os títulos e subtítulos, e em espaço um e meio (1,5), com margem de início de parágrafo de 1,25 cm e corpo justificado. O arquivo de texto não deve conter qualquer informação que possa identificar o(s) autor(es), afim de facilitar os procedimentos de Parecer Duplo Cego. 

As Resenhas devem seguir a mesma formatação básica; ter, no máximo, 06 laudas; e devem tratar de obras publicadas há no máximo 05 anos.

Artigos que realizem testes empíricos deverão enviar os bancos de dados e/ou scripts utilizados como Documento Suplementar juntamente ao manuscrito, ou disponibilizá-lo online de alguma outra forma a fim de permitir a replicação pelos avaliadores.

A página inicial deve indicar: título do artigo no idioma original; título do artigo em inglês; resumo (até dez linhas), abstractpalavras-chavekeywords (no máximo 05). O texto do resumo deve apresentar objetivos, métodos e conclusões do artigo. Caso o artigo tenha o idioma original em inglês, resumo e palavras-chaves deve ser exibidas também em espanhol.

Submissões escritas por mais de um autor deverão obedecer aos critérios de coautoria adotados pela revista e enviar, como anexo, uma declaração atestando a conformidade de acordo com o seguinte modelo.

Os títulos das seções devem ser ressaltados por meio de um espaço ou linha dentro do texto, sem utilização de formatação especial para destacá-los.

Palavras em outros idiomas, nomes de partidos, empresas etc. deverão ser escritos em itálico.

As notas (numeradas) devem ser do tipo nota de rodapé, aparecendo no pé das páginas em que são marcadas. O texto das notas deve ser em fonte Times New Roman, corpo 10 e corpo justificado. Referências bibliográficas completas não devem ser registradas nas notas, mas sim, nas Referências ao fim do texto (ver abaixo). 

As Referências Bibliográficas devem ser listadas em ordem alfabética, seguindo as normas da ABNT e deverão aparecer no final do texto. O autor deve compatibilizar as citações com as referências bibliográficas. De acordo com o tipo de pesquisa ou texto, as Referências também podem ser de outro tipo que não apenas bibliográfica (filmes, canções etc.), devendo ser registradas, também ao fim do texto, seguindo as regras da ABNT para as mesmas. 

A seguir, as regras de citações:

Formas de citação

  1. As citações que não ultrapassarem 3 linhas devem permanecer no corpo do texto. As citações de mais de 3 linhas devem apresentar recuo da margem esquerda de  4cm, espaçamento simples, sem a utilização de aspas, justificado e com tamanho de fonte 10.
  2. As referências bibliográficas no interior do texto deverão seguir a forma (Autor, ano) ou (Autor, ano, página) quando a citação for literal (neste caso, usam-se aspas): (BARBOSA, 1964) ou (BARBOSA, 1963, pp. 35-36).
  3. Quando a citação imediatamente posterior se referir ao mesmo autor e/ou obra, devem-se indicar novamente autor, ano (e página se for o caso). Não se deve utilizar entre parênteses as fórmulas (Idem, p. tal) ou (Idemibidem).
  4. Se houver mais de um título do mesmo autor no mesmo ano, deve-se diferenciar por uma letra após a data: (CORREIA, 1993a), (CORREIA, 1993b).
  5. Caso o autor citado faça parte da oração, a referência bibliográfica deve ser feita da seguinte maneira: Wolf (1959, p.33-37) afirma que...
  6. Citações que venham acompanhadas de comentários e informações complementares devem ser colocadas como nota.

Formato das referências bibliográficas

As Referências Bibliográficas devem conter todas as obras citadas, obedecer às normas da ABNT NBR 6023 (2018), segundo os exemplos que se seguem.

Só devem aparecer nas Referências obras realmente citadas no corpo do texto.

As Referências Bibliográficas seguem a ordem alfabética pelo sobrenome do autor. Quando o houver mais de uma obra do mesmo autor, o ordenamento entre elas se dá por meio da cronologia crescente das datas das referências. O nome do autor deve aparecer somente na primeira entrada, com as seguintes sendo sinalizadas por seis espaços de linhas e ponto, conforme o exemplo:

BOURDIEU, Pierre. A Economia das Trocas Simbólicas. 3 ed. São Paulo: Perspectiva,1992.

______. Escritos de Educação. 13 ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2012. Coleção Ciências Sociais da Educação.

As regras gerais de referências são as que se seguem:

Livro: sobrenome em maiúsculas, nome. Título da obra em negrito: subtítulo (quando houver). Edição (ignorar quando for a 1ª edição, a partir da segunda, listar como "2 ed.", "3 ed.", "16 ed.", de acordo com caso). Local da publicação: Editora, ano. Coleção (quando houver).

GOFFMAN, Erwing. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1988.

Livro de vários autores: quando até três autores, seguem o mesmo ordenamento da obra e separados por ponto e vírgula. Quando acima de 3 autores: sobrenome em maiúsculas, nome et al.

Exemplos:

COSTA, M. Clélia L.; PEQUENO, Renato (orgs.). Fortaleza: transformações na ordem urbana. Rio de Janeiro: Letra Capital/ Observatório das Metrópoles, 2015. Coleção Metrópoles: Território, Coesão Social e Governança Democrática, Série Estudos Comparados.

SILVA, Afrânio et al. Sociologia em Movimento. Livro do Professor. 2 ed. São Paulo: Moderna, 2016.

Artigo/Capítulo em coletânea organizada por outro autor: sobrenome do autor do artigo/capítulo em maiúsculas, nome. Título do artigo: subtítulo, In: (expressão em itálico que indica em qual livro a obra está), seguindo a referência completa da coletânea. A regra de citação é a mesma dos livros, com o adicional da expressão "(org.)." [ou a versão no plural "(orgs.)."] após o nome do organizador. Ao final da citação, após o ano da obra, deve-se informar o número das páginas do artigo/capítulo.

Exemplo: MATOS, Olgária. Desejos de evidência, desejo de vidência: Walter Benjamin, In: NOVAES, A. (org.). O Desejo. São Paulo: Companhia das Letras, 1990, pp. 157-287.

Artigo em periódico: sobrenome do autor em maiúsculas, nome. Título do artigo sem destaque: subtítulo (se houver). Nome do periódico em negrito, local de publicação, número da edição (volume da edição e /ou ano), 1ª e última numeração das páginas do artigo, mês abreviado, seguido de ponto final e do ano em que o exemplar foi publicado.

Exemplo: VILHENA, Luís Rodolfo. Os intelectuais regionais: Os estudos de folclore e o campo das Ciências Sociais nos anos 50. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, n. 32, ano 2, p.125-149, jun.1996.

Obras online: sobrenome do autor (se houver) em maiúsculas, seguido de Nome. Título da obra (reportagem, artigo) destacado. Logo após virá o endereço eletrônico entre os sinais < >, precedido pela expressão “Disponível em”. Após o endereço eletrônico (site) deverá vir a expressão “Acesso em”: dia do acesso, mês abreviado. Ano.

Exemplos:

Livro

BALZAC, Honoré. A mulher de trinta anos. Disponível em: <http://www.terra.com.br.htm>. Acesso em: 20 ago. 2009.

Periódico em meio eletrônico. Nomes de periódicos podem ser abreviados na referência.

GUIMARÃES, Nadeja. Por uma sociologia do desemprego. Rev. Bras. Ci. Soc., São Paulo, v. 25, n. 74, out. 2010. Disponível em: <http://www.scielo.br/>. Acesso em: 11 mar. 2011.

Jornal em meio eletrônico sem o nome do autor. Quando a matéria não informa o autor, iniciamos pelo título.

TSUNAMI no Japão. O Povo online, Fortaleza, 11 mar. 2011. Disponível em: <http://www.jornalopovo.com.br>. Acesso em: 11 mar. 2011.

Jornal em meio eletrônico com o autor

BRÁS, Janaína. Fraternidade: campanha discute proteção à natureza. O Povo online, 11 mar. 2011. Disponível em: <http://www.jornalopovo.com.br>. Acesso em: 11 mar. 2011.

Para mais exemplos, bem como as regras para outras referências que não as bibliográficas, consulte as regras da ABNT NBR 6023 (2018).