Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

O Cadastroe o logindo autor responsávelsão obrigatórios para submissão de artigos online e acompanhamento da tramitação do artigo submetido.

 

  1. Política Editorial

A Revista Ciência Agronômica destina-se à publicação de artigos científicos, artigos técnicos e notas científicas que sejam originais e que não foram publicados (as) ou submetidos (as) a outro periódico, inerentes às áreas de Ciências Agrárias e Recursos Naturais. Os artigos poderão ser submetidos na Revista Ciência Agronômica nos idiomas português ou inglês. Para artigos submetidos em inglês, os autores deverão providenciar uma versão com qualidade (tradução feita por um nativo ou empresa especializada). Todos os artigos serão publicados em inglês. O texto em inglês, dos artigos aceitos para publicação, serão submetidos à correção e custeado pelos autores. O texto em português, dos artigos aceitos para publicação, serão traduzidos para o inglês e custeado pelos autores e o comprovante enviado para a sede da RCA no ato da submissão através da nossa página no campo “Transferir Documentos Suplementares”.

Abaixo indicamos as
empresas:
- Academic-Editing-Services.com (http://www.academic-editing-services.com/)
- American Journal Express (http://www.journalexperts.com/)
- American Manuscript Editors (http://americanmanuscripteditors.com/)
- Bioedit Scientific Editing (http://www.bioedit.co.uk/)
- BioMed Proofreading (http://www.biomedproofreading.com)
- Edanz (http://www.edanzediting.com)
- Editage (http://www.editage.com.br/)
- Elsevier (http://webshop.elsevier.com/languageservices/)
- Enago (http://www.enago.com.br/forjournal/)
- JournalPrep (http://www.journalprep.com)
- Proof-Reading-Service.com (http://www.proof-reading-service.com/pt/)
- Publicase (http://www.publicase.com.br/formulario.asp)
- Queen's English (http://www.queensenglishediting.com/)
- Stephen Hocker (email@stephenhocker.com.br)
- STTA - Serviços Técnicos de Tradução e Análises (http://stta.com.br/servicos.php)

Os trabalhos submetidos à RCA serão avaliados preliminarmente pelo Comitê Editorial e só então serão enviados para pelo menos dois (2) revisores da área e publicados, somente, se aprovados por eles e pelo Comitê Editorial. A publicação dos artigos será baseada na originalidade, qualidade e mérito científico, cabendo ao Comitê Editorial a decisão final do aceite. O sigilo de identidade dos autores e revisores será mantido durante todo o processo. A administração da revista tomará o cuidado para que os revisores de cada artigo sejam, obrigatoriamente, de instituições distintas daquela de origem dos autores. O artigo que apresentar mais de seis autores não terá a sua submissão aceita pela Revista Ciência Agronômica, salvo algumas condições especiais (ver Autores). Não serão permitidas mudanças nos nomes de autores a posteriori.

 

  1. Custo de publicação

O custo é de R$ 70,00 (setenta reais) por página editorada no formato final.

No ato da submissão é requerido um depósito de R$ 100,00 (cem reais) não reembolsáveis. Se o trabalho for rejeitado na avaliação prévia do Comitê Editorial, a taxa paga não poderá ser reutilizada para outras submissões dos autores. O comprovante de depósito ou transferência deve ser enviado ao e-mail da RCA (ccarev@ufc.br). Os depósitos ou transferências deverão ser efetuados em nome de:

CETREDE REVISTA AGRONOMIC

Banco do Brasil: Agência bancária: 2937-8 - Conta Corrente: 46.375-2

As opiniões emitidas nos trabalhos são de exclusiva responsabilidade de seus autores. A Revista Ciência Agronômica reserva-se o direito de adaptar os originais visando manter a uniformidade da publicação. A RCA não mais fornece separatas ou exemplares aos autores. A distribuição na forma impressa da RCA é de responsabilidade da Biblioteca de Ciência e Tecnologia da Universidade Federal do Ceará sendo realizada por meio de permuta com bibliotecas brasileiras e do exterior. Na submissão online é requerido:

  1. A concordância com a declaração de responsabilidade de direitos autorais;
  2. Que o autor que fizer a submissão do trabalho cadastre todos os autores no sistema;
  3. Identificação do autor de correspondência com endereço completo.
  4. Formatação do Artigo

DIGITAÇÃO: Páginas digitadas em espaço duplo (exceto Tabelas), fonte Times New Roman, normal, tamanho 12, recuo do parágrafo por 1 cm. Todas as margens deverão ter 2,5 cm. As linhas devem ser numeradas de forma contínua.

ESTRUTURA: o trabalho deverá obedecer à seguinte ordem: título, título em inglês, resumo, palavras-chave, abstract, key words, introdução, material e métodos, resultados e discussão, conclusões, agradecimentos (opcional) e referências.

TÍTULO: deve ser escrito com apenas a inicial maiúscula, em negrito e centralizado na página com no máximo 15 palavras. Como chamada de rodapé numérica, extraída do título, devem constar informações sobre a natureza do trabalho (se extraído de tese/dissertação, se pesquisa financiada,...) e referências às instituições colaboradoras. Os subtítulos: Introdução, Material e métodos, Resultados e discussão, Conclusões, Agradecimentos e Referências devem ser escritos em caixa alta, em negrito e centralizados.

AUTORES: na primeira versão do artigo submetido, os nomes dos autores e a nota de rodapé deverão ser omitidos. Somente na versão final o artigo deverá conter o nome de todos os autores com identificação em nota de rodapé, inclusive a do título. Os nomes completos (sem abreviaturas) deverão vir abaixo do título, somente com a primeira letra maiúscula, um após outro, separados por vírgula e centralizados na linha. Como nota de rodapé na primeira página, deve-se indicar, de cada autor, afiliação completa (departamento, centro, instituição, cidade, estado e país), endereço eletrônico e endereço completo do autor correspondente. O autor de correspondência deve ser identificado por um *. A relação de autores não pode ser acrescida após submissão e/ou cadastro.

RESUMO e ABSTRACT: devem começar com estas palavras, na margem esquerda, em caixa alta e em negrito, contendo no máximo 250 palavras.

PALAVRAS-CHAVE e KEY WORDS: devem conter entre três e cinco termos para indexação. Os termos usados não devem constar no título. Cada palavra-chave e key word deve iniciar com letra maiúscula e ser seguida de ponto.

INTRODUÇÃO: deve ser compacta e objetiva contendo citações atuais que apresentem relação com o assunto abordado na pesquisa. As citações presentes na introdução devem ser empregadas para fundamentar a discussão dos resultados, criando, assim, uma contextualização entre o estudo da arte e a discussão dos resultados. Não deve conter mais de 550 palavras.

CITAÇÃO DE AUTORES NO TEXTO: a NBR 10520/2003 estabelece as condições exigidas para a apresentação de citações em documentos técnico-científicos e acadêmicos. Nas citações, quando o sobrenome do autor, a instituição responsável ou título estiver incluído na sentença, este se apresenta em letras maiúsculas/minúsculas, bem como quando estiverem entre parênteses.

Ex: Santos (2002) ou (Santos, 2002); com dois autores ou três autores, usar Pereira e Freitas (2002) ou (Pereira; Freitas, 2002) e Cruz, Perota e Mendes (2000) ou (Cruz; Perota; Mendes, 2000); com mais de três autores, usar Xavier et al. (1997) ou (Xavier et al., 1997); para Instituições, Organização Mundial da Saúde (2010) ou (Organização Mundial da Saúde, 2010); para as siglas das instituições, recomenda-se que sejam grafadas com letras maiúsculas, ex.: OMS, IBGE; quando for instituição governamental da administração direta, a indicação deve ser pelo nome do órgão superior ou pelo nome da jurisdição a que pertence. Ex.: (Brasil, 1995)

VÁRIOS AUTORES CITADOS SIMULTANEAMENTE: havendo citações indiretas de diversos documentos de vários autores mencionados simultaneamente e que expressam a mesma idéia, separam-se os autores por ponto e vírgula, em ordem alfabética, independente do ano de publicação.

Ex: (Fonseca, 2007; Paiva, 2005; Silva, 2006).

SIGLAS: quando aparecem pela primeira vez no texto, deve-se colocar o nome por extenso, seguido da sigla entre parênteses.

Ex: De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) [...].

TABELAS: devem ser numeradas consecutivamente com algarismos arábicos na parte superior. Não usar linhas verticais. As linhas horizontais devem ser usadas para separar o título do cabeçalho e este do conteúdo, além de uma no final da tabela. Cada dado deve ocupar uma célula distinta. Usar espaço simples. Não usar negrito ou letra maiúscula no cabeçalho.

FIGURAS: gráficos, fotografias ou desenhos levarão a denominação geral de Figura sucedida de numeração arábica crescente e título na parte superior. Para a preparação dos gráficos deve-se utilizar “softwares” compatíveis com “Microsoft Windows”. As figuras devem apresentar 8,2 cm de largura, não sendo superior a 17 cm. A fonte Times New Roman, corpo 10 e não usar negrito na identificação dos eixos. A Revista Ciência Agronômica reserva-se ao direito de não aceitar tabelas e/ou figuras com o papel na forma “paisagem” ou que apresentem mais de 17 cm de largura. Tabelas e Figuras devem ser inseridas logo após a sua primeira citação.

Obs.: As figuras devem ser também enviadas em arquivos separados e com RESOLUÇÃO de no mínimo 500 dpi através do campo “Transferir Documentos Suplementares”.

EQUAÇÕES: devem ser digitadas usando o editor de equações do Word, com a fonte Times New Roman. As equações devem receber uma numeração arábica crescente. O padrão de tamanho deverá ser:

Inteiro = 12 pt

Subscrito/sobrescrito = 8 pt

Sub-subscrito/sobrescrito = 5 pt

Símbolo = 18 pt

Subsímbolo = 14 pt

ESTATÍSTICA:

  1. Caso tenha realizado análise de variância, apresentar o "F" e a sua significância;
  2. Dados quantitativos devem ser tratados pela técnica de análise de regressão;
  3. Apresentar a significância dos parâmetros da equação de regressão;
  4. Dependendo do estudo (ex: função de produção), analisar os sinais associados aos parâmetros.
  5. É requerido, no mínimo, quatro pontos para se efetuar o ajuste das equações de regressão.
  6. Os coeficientes do modelo de regressão devem apresentar o seguinte formato:

y = a +bx +cx2+...;

  1. O Grau de Liberdade do resíduo deve ser superior a 12.

AGRADECIMENTOS: logo após as conclusões poderão vir os agradecimentos direcionados a pessoas ou instituições, em estilo sóbrio e claro, indicando as razões pelas quais os faz.

REFERÊNCIAS: são elaboradas conforme a ABNT NBR 6023/2018. Inicia-se com a palavra REFERÊNCIAS (escrita em caixa alta, em negrito e centralizada). Devem ser digitadas em fonte tamanho 12, espaço duplo, justificadas e separadas uma da outra por um espaço simples em branco. UM PERCENTUAL DE 60% DO TOTAL DAS REFERÊNCIAS DEVERÁ SER ORIUNDO DE PERIÓDICOS CIENTÍFICOS INDEXADOS COM DATA DE PUBLICAÇÃO INFERIOR A 10 ANOS. Com relação aos periódicos, é dispensada a informação do local de publicação, porém os títulos não devem ser abreviados. Recomenda-se um total de 20 a 30 referências.

 

Ciência do Solo

As ciências do solo estudam o solo como recurso natural da superfície terrestre, incluindo a formação do solo (pedogénese), sua classificação e cartografia e ainda as suas propriedades físicas, químicas, biológicas e fertilidade, bem como a relação destas propriedades com o uso e gestão dos solos.

Economia Agrícola

Economia agrícola ou economia agrária é o ramo da ciência econômica que estuda a especificidade do setor agropecuário e suas múltiplas interrelações com o conjunto da economia.

Engenharia Agrícola

A Engenharia Agrícola é voltada para a parte mecânica da agricultura, como planejamento, construção e manutenção de máquinas. O engenheiro agrícola projeta, implanta e administra técnicas e equipamentos necessários à produção agrícola. Planeja métodos de armazenagem e constrói silos, armazéns e estufas. Leva ao campo soluções inovadoras e eficazes para melhorar a produção, sem se descuidar do desenvolvimento sustentado da agricultura.

Engenharia de Alimentos

Ramo da engenharia quel cuida de todas as etapas de preparo e conservação de alimentos de origem animal e vegetal. Seleciona a matéria-prima, como leite, carnes, peixes, legumes e frutas, e define a melhor forma de armazenagem, acondicionamento e preservação dos produtos, projetando embalagens. Cria e testa formulações, a fim de determinar o valor nutricional de alimentos industrializados, seu sabor, sua cor e consistência. A indústria alimentícia é seu principal campo de atuação.

Engenharia de Pesca

A Engenharia de Pesca é uma habilitação que integra a
área de conhecimento de Ciências Agrárias, numa subárea classificada como Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca e qualifica, em nível superior, profissional para a intervenção técnico-científica em aqüicultura, pesca e tecnologia do pescado.

Fitotecnia

Fitotecnia é a tecnica de estudo das plantas, ministrada principalmente na grade de agronomia.

Zootecnia

A Zootecnia é o conjunto de técnicas para o mehor aproveitamento dos animais domésticos e silvestres que são úteis ao homem e cuja finalidade é a obtenção máxima do seu rendimento, administrando os recursos adequadamente nos critérios de sustenibilidade.

Artigo Técnico

Um artigo técnico apresenta-se como um instrumento de transmissão de conhecimentos do âmbito da técnica. Um relatório pode assumir, frequentemente, um valor de um artigo técnico.

Política de Privacidade

Os artigos publicados pela Revista Ciência Agronômica são de acesso público em todo o seu conteúdo, tendo-se por base o princípio da divulgação gratuita do resultado das pesquisas, e assim gerar um maior intercâmbio do conhecimento. Essa política conduz a divulgação, expansão da leitura e citação do artigo científico de um autor.

Os nomes, endereços postais e endereço eletrônicos serão usados restritamente para atender os propósitos da Revista Ciência Agronômica, não sendo disponibilizados para outros fins.