O fenômeno desinformação sob a perspectiva dos arquivistas brasileiros

o papel da competência em informação

  • Renata Lira Furtado Universidade Federal do Pará
  • Jenifer Galdino de Oliveira Universidade Federal do Pará
Palavras-chave: Arquivista. Desinformação. Competência em Informação.

Resumo

Considerando o cenário contemporâneo, de revolução tecnológica, onde as informações, bem como seus canais e formas de disseminação, configuram-se como solo fértil para propagação de desinformação, a presente pesquisa tem como objetivo compreender a percepção dos arquivistas sobre o fenômeno desinformação e o papel da Competência em informação nessa interação. Para tanto, recorreu-se à pesquisa bibliográfica para sistematização e melhor compreensão dos temas abordados, e para coleta de evidências aplicou-se um questionário. A partir da análise dos dados foi possível ponderar a percepção dos arquivistas a respeito do fenômeno desinformação, além de identificar os efeitos que esse fenômeno pode causar em sua atuação. Observou-se que os arquivistas entendem a desinformação tanto quanto reconhecem que sua atuação pode ser afetada por esse fenômeno, bem como compreendem a importância de se desenvolver novas habilidades para lidar com os impactos da desinformação em suas práticas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renata Lira Furtado, Universidade Federal do Pará

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho - Campus Marília. Mestre em Ciência da Informação e Bacharel em Arquivologia pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Docente no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação e no curso de graduação em Arquivologia na Universidade Federal do Pará. Líder do Grupo de Pesquisa "Arquivologia e Competência em Informação". Integrante do Grupo de Estudos Críticos sobre Ciência da Informação e Tecnologia. Atua principalmente nos temas: Competência em informação e fenômenos informacionais na Arquivologia, Gestão Documental, Gestão da Informação e do Conhecimento.

Jenifer Galdino de Oliveira, Universidade Federal do Pará

Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Pará. Integrante do Grupo de pesquisa Arquivologia e Competência em Informação - GpArqCoInfo.

Referências

BELLUZZO, R. C. B.; FERES, G. G. Inteligência, criatividade e competência em informação: uma articulação necessária no contexto social contemporâneo. In: ALVES, F. M. M.; CORRÊA, E. C. D.; LUCAS, E. R. de O. (Orgs.) Competência em informação: políticas públicas, teoria e prática. Salvador: EDUFBA, 2016. p.125- 154.

BEZERRA, Arthur Coelho. Contribuição da Teoria Crítica aos estudos sobre regime de informação e competência crítica em informação. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, v. 19, 2018.

BRETON, Philippe. Manipulação da palavra (A). Edicoes Loyola, 1999.

BRISOLA, A.; BEZERRA, A. C. Desinformação e circulação de “fake news”: distinções, diagnóstico e reação. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 10, 2018, Londrina. Anais[...] Londrina: UEL, 2018. Disponível em: . Acesso em: 10 Out. 2019.
BRISOLA, A. C. Um embate contemporâneo: informação, desinformação e competência em informação. In: XIII ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO E PESQUISA EM INFORMAÇÃO, 9, 2017, Salvador. Anais [...] Salvador: UFBA, 2017. Disponível em:. Acesso em: 02 Ago. 2019.

COMISSÃO EUROPEIA. Combater a desinformação em linha: uma estratégia europeia. Bruxelas: Comissão Europeia, 2018. Disponível em: . Acesso em: 02 Out. 2019.

DUDZIAK, E. A. A information literacy e o papel educacional das bibliotecas. 2001. 187f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Comunicação) - Escola de Consumições e Artes da Universidade de São Paulo/ Universidade de São Paulo, São Paulo, 2001.

DUDZIAK, Elisabeth Adriana. Os faróis da sociedade de informação: uma análise crítica sobre a situação da competência em informação no Brasil. Informação & Sociedade, v. 18, n. 2, p. 41-53, maio/ago. 2008.

FURTADO, R. L. A competência em informação no cenário arquivístico: uma contribuição teórico-aplicada. 2019. 367f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências/Universidade Estadual Paulista, São Paulo, 2019.

HAN, Byung-Chul. No enxame: perspectivas do digital. Editora Vozes Limitada, 2018.

HAN, Byung-Chul. Sociedade da Transparência. Editora Vozes Limitada, 2017.

LEITE, L. T.; MATOS, J. C. Zumbificação da informação: a desinformação e o caos informacional. In: Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação. 10, 2017, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza, 2017. Disponível em: . Acesso em: 01 nov. 2019.

MOURA, A. R. P. Desinformação e competência em informação: discussões e possibilidades na Arquivologia. 2018. 48f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em arquivologia) – Faculdade de Arquivologia/ Universidade Federal do Pará. Belém, 2018.

MOURA, A. R. P.; FURTADO, R. L.; BELLUZZO, R. C. B. Desinformação e competência em informação: discussões e possibilidades na Arquivologia. Ciência da Informação em Revista, Alagoas, v. 6, n. 1, p. 37-57, 2019.

PASQUALINO, A. P. N. Desinformação e fake news: estudo da produção científica na Ciência da Informação. 2020. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Universidade Estadual de Londrina.

ZATTAR, Marianna. Competência em informação e desinformação: critérios de avaliação do conteúdo das fontes de informação| Information literacy and disinformation: criteria for evaluating the content of information sources. Liinc em Revista, v. 13, n. 2, 2017.
Publicado
2020-12-29
Como Citar
FURTADO, R. L.; OLIVEIRA, J. G. DE. O fenômeno desinformação sob a perspectiva dos arquivistas brasileiros. Informação em Pauta, v. 5, n. 2, p. 107-131, 29 dez. 2020.