CONVERGÊNCIAS E DISSONÂNCIAS DOS PROGRAMAS PNAES E BOLSA-PERMANÊNCIA E A LEI DE COTAS

  • Elenilce Gomes de Oliveira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) http://orcid.org/0000-0002-5056-3798
  • Elaine Vieira Silva Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)
Palavras-chave: Cotas, PNAES, Bolsa-Permanência,

Resumo

No Brasil, a Lei de cotas, o Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) e o Bolsa-Permanência, entre outros, animaram a política de acesso e permanência em cursos de nível superior. O objetivo deste ensaio é identificar convergências e assimetrias entre a retrocitada lei e programas, norteando-nos, teórica e metodologicamente, pelo materialismo histórico-dialético. Os resultados evidenciam confluência no tocante ao atendimento, tanto a estudantes provenientes de família cuja renda per capita não excede a 1,5 salário-mínimo, quanto às pessoas com deficiência. Já a dissonância envolve a Lei de cotas e o PNAES, pois a primeira incluiu os pretos, pardos e indígenas, ao passo que a segunda os ignorou, acentuando, exclusivamente, as pessoas com deficiência.


CONVERGENCES AND DISSONANCES OF THE PNAES AND PERMANENCE GRANT PROGRAMS AND THE LAW OF QUOTAS

ABSTRACT

In Brazil, the Law of quotas, the National Student Assistance Program (PNAES), and the Permanence Grant, among others, have encouraged the policy of access and permanence in higher education programs. The aim of this essay is to identify convergences and asymmetries among the aforementioned law and programs, by guiding us theoretically and methodologically through the historical-dialectical materialism. The results evidence a confluence in terms of service, both for students from families whose per capita income does not exceed 1.5 minimum wage, as well as for people with disabilities. Yet, the dissonance involves the Law of quotas and the PNAES, since the former included the black, pardo, and indigenous, while the latter ignored them, thus accentuating exclusively the disabled.

KEYWORDS: Quotas; PNAES; Permanence Grant.

Biografia do Autor

Elenilce Gomes de Oliveira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)
Doutora em Educação, pela Universidade Federal do Ceará. Professora no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Membro do Laboratório de Estudos do Trabalho e Qualificação Profissional (LABOR/UFC). Integrante do Núcleo de Pesquisa em Educação Profissional (NUPEP/IFCE).
Elaine Vieira Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Mestranda em Educação Profissional pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (PROFEPT). Assistente Social no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Membro do Núcleo de Pesquisa em Educação Profissional (NUPEP/IFCE).

Referências

BOURDIEU, Pierre. Os três estados do capital cultural. In: NOGUEIRA, Maria Alice; CATANI, Afrânio (Org.). Escritos de educação. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1998.

BRASIL. Lei nº 8.662, de 07 de junho de 1993. Dispõe sobre a profissão de assistente social e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília (DF), 08 dez. 1993.

______. Presidência da República. Lei nº 10.260, de 12 de julho de 2001. Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10260.htm>. Acesso em: 2 jun.2018.

_____. Ministério da Educação. Diretrizes Gerais da reestruturação e expansão das universidades federais. Brasília (DF), MEC, 2007.

_____. Decreto nº 2.734, de 19 de julho de 2010. Dispõe sobre o programa nacional de Assistência Estudantil – PNAES. Diário Oficial da União. Brasília (DF), 20 jul. 2010.

_____. Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Dispõe sobre o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio e dá outras providências. Diário Oficial da União. Brasília (DF), 30 ago. 2012.

_____.MEC. Portaria nº 389, de 09 de maio de 2013. Cria o programa Bolsa-Permanência e dá outras providências. Brasília (DF), Ministério da Educação, 2013.

_____. Relatório de Consolidação dos Resultados das Gestões do Plano Nacional de Assistência Estudantil. Brasília (DF), Ministério da Transparência e Controladoria-Gral da União (CGU). Secretaria Federal de Controle Interno. Diretoria de Auditoria de Políticas Sociais I 2012.

_____. Democratização e expansão do ensino superior. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=16762-balanco-social-sesu-2003-2014&Itemid=30192>. Acesso em:4 jun 2018.

_____. Relatório de gestão 2015. Brasília, Ministério da Educação, 2017. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=72711-rg-se-mec-2015-2-pdf&category_slug=setembro-2017-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: 28 jun. 2018.

BRASIL. Evolução dos gastos do FIES e PROUNI. 2015. Disponível em: <http://www.consultaesic.cgu.gov.br/busca/dados/Lists/Pedido/Item/displayifs.aspx?List=0c839f31-47d7-4485-ab65-ab0cee9cf8fe&ID=431107&Web=88cc5f44-8cfe-4964-8ff4-376b5ebb3bef>. Acesso em 10 jun 2018.

_____. Relatório de consolidação dos resultados das gestões do Plano Nacional de Assistência Estudantil. Brasília, MEC, 2016. Disponível em: <https://auditoria.cgu.gov.br/download/10212.pdf>. Acesso em: 6 julh. 2018.

CAÔN, Giovana Fonseca; FRIZZO, Heloisa Cristina Figueiredo. Acesso, equidade e permanência no ensino superior: desafios para o processo de democratização da educação no Brasil. Revista Vertentes, São João del-Rei, v. 19, n. 02, out. 2010.

CARVALHO. Cristina Helena Almeida de Política para a educação superior no governo Lula: expansão e financiamento. Rev. Inst. Estud. Bras. São Paulo, no.58, jun. 2014. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i58p209-244>. Acesso em: 12 jul.2018.

GARRIDO, Edleusa Nery. Assistência estudantil: sua importância, atores envolvidos e panorama atual. In: Seminário Universidade Sociedade, 2012, Cachoeira (BA). Anais eletrônicos ... Cachoeira (BA): Instituto Kirimurê, 2012. Disponível em: < http://www.institutokirimure.pro.br/seminario-universidade-sociedade-anais/> Acesso em: 08 jul. 2018.

MACHADO, Fernanda Meneghini. Financiamento da assistência estudantil nas universidades federais. Revista Temporalis, Brasília (DF), ano 17, n. 33, pp. 231-253, 2017.

MIRANDA, Roberta Paula. FIES e PROUNI na expansão da educação superior: quanto vale o conhecimento no brasil? Tese de Doutorado. 2017. Programa de Educação, Universidade Estadual de Maringá. Disponível em: <https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5734441>. Acesso em 02 de julh.2018.

PAULA, Maria de Fátima Costa. Políticas de democratização da educação superior brasileira: limites e desafios para a próxima década. Avaliação, Campinas, Sorocaba, SP, v. 22, n. 2, pp. 301-315, 2017.

PRATES, Antonio Augusto Pereira; COLLARES, Ana Cristina Murta. Desigualdade e expansão do ensino superior na sociedade contemporânea: o caso brasileiro do final do século XX ao princípio do século XXI. Belo Horizonte, MG: Editora Fino Traço, 2014.

SANTOS DA SILVA, Márcia Regina. A política pública de expansão o ensino superior: aspectos do REUNI na UFRB. Dissertação de mestrado. Programa Estudos interdisciplinares sobre a Universidade. Universidade Federal da Bahia, 2015. Disponível em: < https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3310437>. Acesso em 05 jun.2018.

SILVA FILHO, Roberto Leal Lobo e. et al. A evasão no ensino superior brasileiro. In: Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 132, p. 641-659, set./dez. 2007. Disponível em: <http://www.alfaguia.org/alfaguia/files/1341268055_925.pdf>. Acesso em 11 Out. 2016.

SOUSA, Antonia de Abreu. A política de fundo público para o financiamento da educação básica: impactos e impasses no Município de Fortaleza. 2009. 313 f. Tese (Doutorado em Educação Brasileira). Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009.

SOUSA, Antonia de Abreu; ARRAIS NETO, Enéas de Araújo. Assistência estudantil. Edição especial. Revista Conexões, v. 10, n, 1, Fortaleza, 2016. Disponível em: <http://conexoes.ifce.edu.br/index.php/conexoes/issue/view/63/showToc> Acesso em: 28 jun. 2018.

SOUSA; Antonia de Abreu; OLIVEIRA, Elenilce Gomes de. O plano nacional de educação brasileira e a polêmica sobre o financiamento. Revista Labor, v. n. 8, Fortaleza, 2012. Disponível em: <http://www.periodicos.ufc.br/labor/article/view/6695/4896>. Acesso em: 12 jun.2018.

QUEIROZ, Viviane. As parcerias público-privadas na educação superior brasileira: Fies, Prouni e BNDE. Dissertação de Mestrado. Programa de Serviço Social e Desenvolvimento Regional. Universidade Federal Fluminense, 2014. Disponível em: <https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2186455>. Acesso em 08 Julh. 2018.

VITURI, Renee Coura Ivo. Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) para o ensino superior privado: acesso, processos e contradições. 178 f. Mestrado em Educação (currículo). Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 2014.

Publicado
2018-07-31
Como Citar
OLIVEIRA, E. G. DE; SILVA, E. V. CONVERGÊNCIAS E DISSONÂNCIAS DOS PROGRAMAS PNAES E BOLSA-PERMANÊNCIA E A LEI DE COTAS. Revista Labor, v. 1, n. 19, p. 05-14, 31 jul. 2018.
Seção
Artigos

Artigos do(s) mesmo(s) autor(es) mais lidos