Práticas de profissionais de saúde na perspectiva de idosos que convivem com câncer

  • Lucimara Sonaglio Rocha
  • Margrid Beuter
  • Eliane Tatsch Neves
  • Juliane Elis Both
  • Miriam da Silveira Perrando
  • Larissa Venturini

Resumo

Objetivo: compreender as práticas assistenciais dos profissionais de saúde com idosos que convivem com câncer em tratamento ambulatorial. Métodos: pesquisa qualitativa, realizada em um ambulatório de hemato oncologia do Sul do Brasil. Realizou-se entrevista semiestruturada com 15 idosos. Os dados foram submetidos à análise temática.Resultados: emergiu a categoria: a prática assistencial dos profissionais da saúde junto aos idosos que convivem com câncer com duas subcategorias: a revelação do diagnóstico da doença e práticas educativas autoritárias. Conclusão:mesmo diante dos instrumentos legais à disposição dos usuários dos serviços de saúde, as práticas dos profissionais de saúde ainda fundamentam-se em relações assimétricas, por meio das quais colocam-se como os únicos responsáveis pela saúde dos idosos, exigindo adesão às suas prescrições sem questionamentos, desconsiderando o cuidado de si.
Publicado
2016-04-30
Seção
Artigos de Pesquisa