Avaliação das salas de vacinação em unidades de Atenção Primária à Saúde

Maria de Fátima Pereira de Sousa Galvão, Paulo Cesar de Almeida, Maria do Socorro Vieira Lopes, Janaína Fonseca Victor Coutinho, Mariana Cavalcante Martins, Lorena Pinheiro Barbosa

Resumo


Objetivo: avaliar as salas de vacinação de unidades de Atenção Primária à Saúde. Métodos: pesquisa avaliativa, em que Estrutura e Processo foram avaliados em 89 salas de vacinas das seis Coordenadorias Regionais de Saúde, através do instrumento de supervisão das salas de vacinas do Ministério da Saúde do Brasil. Resultados: a maioria dos profissionais era técnico de enfermagem (76,4%); sem capacitação (31,5%). Na avaliação dos Aspectos gerais/Procedimentos técnicos, verificaram-se objetos de decoração (43,8%), ausência de bancada (22,5%) e quantidade insuficiente de vacinas (41,6%). Na avaliação da Rede de Frio, constatou-se limpeza inadequada dos refrigeradores (71,9%) e temperaturas inapropriadas (48,8%). Conclusão: a avaliação das salas de vacinas demonstrou que a estrutura dos componentes Aspectos Gerais/Procedimentos Técnicos e Rede de Frio apresentou classificação boa, enquanto a avaliação do processo destes classificou-se como regular.


Palavras-chave


Pesquisa sobre Serviços de Saúde; Vacinação; Imunização; Programas de Imunização.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20192039648

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

Marca ABEC Completa