Necessidades de familiares de pacientes com agravos cardiovasculares em tratamento intensivo

Maicon Henrique Lentsck, Talita Mendes dos Santos, Tatiane Baratieri, Calíope Pilger, Érica de Brito Pitilin, Leticia Gramazio Soares

Resumo


Objetivo: analisar as necessidades de familiares de pacientes hospitalizados por doença cardiovascular em unidade de terapia intensiva. Métodos: estudo transversal, em que se aplicou o Inventário das Necessidades e Estressores de Familiares em Terapia Intensiva a 70 familiares. Dados analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: as necessidades dos familiares, segundo a dimensão importância, apresentou maior destaque para o domínio segurança e menor para o conforto. Para dimensão satisfação, a média global foi maior no domínio segurança e menor no domínio proximidade. Conclusão: as necessidades de familiares apresentaram médias maiores para importância em relação à satisfação, segurança foi o domínio melhor avaliado, conforto e proximidade foram os piores.


Palavras-chave


Determinação de Necessidades de Cuidados de Saúde; Relações Familiares; Unidades de Terapia Intensiva; Doenças Cardiovasculares.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20192040705

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

Marca ABEC Completa