MEMÓRIAS E SOCIABILIDADES NA PROGRAMAÇÃO DO OUVINTE

  • Inês Vieira

Resumo

Este artigo propõe-se a buscar a dinâmica social da comunicação, observando as várias formas de sociabilidade desenvolvidas a partir da Programação do ouvinte, através das relações construídas entre a audiência e o coordenador da produção. A investigação analisa estes espaços de interações articulados no processo de recuperação da memória da MPB, no diálogo cotidiano locutor-ouvintes e ouvintes-ouvintes.

Biografia do Autor

Inês Vieira
Psicóloga, Mestre em Sociologia.

Referências

CANCLINI, Nestor. (1998), Culturas Híbridas. São Paulo: EDUSP.

CANCLINI, Nestor. (1995), Consumidores e cidadãos. Rio de Janeiro: Editora UFR].

FILHO, Evaristo e FERNANDES, Florestan. (1983), F. Simmel. São Paulo: Editora Ática.

MARTIN-BARBERO, Jesus, (2001), Dos meios às mediações, Rio de Janeiro: Editora UFRJ.

VIEIRA, Sulamita (2000), O sertão em movimento: a dinâmica da produção cultural. São Paulo: Annablurne

Publicado
2018-10-29