O que a Revista Veja Propõe às Mulheres?

  • Maria Inês Detsi de Andrade Santos
Palavras-chave: representações, identidade feminina, mídia,

Resumo

Este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que teve como finalidade uma análise de representações sobre mulher e feminilidade em matérias de três publicações da edição especial VEJA MULHER. Tomamos a Hermenêutica de Profundidade (HP) como referencia para a nossa trajetória investigativa e a análise de discur so como método específico de análise. O estudo nos levou a concluir que VEJA MULHER não difere das chamadas “revistas femininas”, apre sentando temas como: moda, beleza e mater nidade, através de um discurso marcadamente prescritivo. No entanto, a ênfase conferida à profissão e ao trabalho feminino modificam, em parte, as representações sobre as mulheres, fornecendo novos valores para a construção da identidade feminina, relacionados, por sua vez, a projetos de vida voltados para o consumo.

Biografia do Autor

Maria Inês Detsi de Andrade Santos
Doutora em sociologia pela Universidade Federal do Ceará, professora de pesquisadora da Universidade de Fortaleza.