A LÓGICA DO CAPITAL NA GESTÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL PARAENSE: o caso da OS-ETTP

  • Ronaldo Marcos de Lima Araujo
  • Maria Auxiliadora Maués de Lima Araujo

Resumo

Tematizamos as estratégias do capital de subordinação da educação à lógica mercantil e problematizamos a idéia de público não-estatal e a experiência de gestão privada implementada na educação profissional pública paraense. Tomamos a gestão das escolas estaduais do Pará de educação profissional por uma organização social como um caso revelador da lógica gerencial. Por meio de pesquisa documental verificamos que as promessas de eficiência e eficácia feitas não se concretizaram. Concluímos que os interesses privados, os quais querem tornar-se hegemônicos na gestão pública, devem ser desnaturalizados e relativizados em benefício dos interesses comuns.

Biografia do Autor

Ronaldo Marcos de Lima Araujo
Universidade Federal do Pará. Pós-Doutoramento no PPFH-UERJ. Atualmente é Professor Associado do Instituto de Ciências da Educação da UFPA atuando como professor da graduação e da pós-graduação mestrado e doutorado.
Maria Auxiliadora Maués de Lima Araujo
Universidade do Estado do Pará. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Pará (2012). Concursada na Secretaria de Estado de Educação como técnica em assuntos educacionais, atua como Docente do Ensino Superior e Assessora de Interiorização da Universidade do Estado do Pará.
Publicado
2017-03-16
Seção
Artigos