O pesquisador e a liberdade teórica: Resenha do livro "A construção da teoria nas ciências humanas", de José D'Assunção Barros

  • Thaiane Firmino Universidade Federal do Ceará
  • Thaís Firmino Universidade Federal do Ceará
Palavras-chave: Resenha, Comunicação, Teoria, Ciências Humanas

Resumo

Escrito pelo doutor em História e professor da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), José D’Assunção Barros, o livro A Construção da Teoria nas Ciências Humanas foi publicado este ano e apresenta discussões acerca das tensões existentes entre a teoria e o campo do saber no universo das Ciências Humanas - Antropologia, Sociologia, Filosofia, Comunicação, Educação, História e Geografia. A obra, que conta com treze capítulos distribuídos em 101 páginas, aborda a constante recolocação do pesquisador - chamado por Barros de “praticante do campo disciplinar” - diante do desafio de adequar às tendências disponíveis à sua própria liberdade teórica.  

Biografia do Autor

Thaiane Firmino, Universidade Federal do Ceará
Jornalista; Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); Técnica em Meio Ambiente pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).
Thaís Firmino, Universidade Federal do Ceará

Jornalista; Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Graduada em Comunicação Social/Jornalismo pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); Técnica em Jogos Digitais pelo Centro Universitário Estácio de Sá (FIC).

Referências

BARROS, José D’Assunção. A construção da teoria nas ciências humanas. Petrópolis, RJ: Vozes, 2018.

Publicado
2018-12-19
Seção
Resenhas