Características maternas e fatores de risco para pré-eclâmpsia em gestantes

Eilen Tainá Matos Ferreira, Nádya dos Santos Moura, Maria Luziene de Sousa Gomes, Erielton Gomes da Silva, Maria das Graças da Silva Guerreiro, Mônica Oliveira Batista Oriá

Resumo


Objetivo: investigar as características maternas e os fatores de risco para o desenvolvimento da pré-eclâmpsia em gestantes. Métodos: estudo documental e retrospectivo, conduzido em fichas de cadastro de gestantes de seis equipes da Estratégia Saúde da Família. Foram utilizadas as informações de 94 gestantes, sendo esses dados coletados por meio de um formulário. Resultados: as gestantes possuíam idade entre 15 e 47 anos. Os fatores de risco para o desenvolvimento de pré-eclâmpsia presentes na amostra foram a primiparidade 40 (42,6%), a hipertensão crônica 4 (4,3%), a gravidez múltipla 9 (9,6%), o diabetes mellitus e a obesidade 8 (8,6%) e a idade >40 anos (1,1%). Conclusão: houve a presença de alguns fatores de risco para o desenvolvimento da pré-eclâmpsia nos cadastros avaliados, como primiparidade, hipertensão crônica, diabetes mellitus e obesidade.


Palavras-chave


Fatores de Risco; Pré-Eclâmpsia; Cuidado Pré-Natal; Gravidez de Alto Risco.

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.20192040327

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

Marca ABEC Completa