WEIGHT-LENGTH RELATIONSHIP OF DEMERSAL FISH OF BAIA SUL, FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA STATE, BRAZIL

Ana Carolina dos Passos, Beatriz Fernanda Chinchilla Cartagena, Mauricio Hostim Silva, Matheus Oliveira Freitas, Henry Louis Spach

Resumo


Este trabalho apresenta a relação peso-comprimento de 35 espécies pertencentes a 27 famílias. As coletas foram realizadas mensalmente entre 2001 e 2003 com redes de arrasto no Saco dos Limões, Baía Sul, Florianópolis (SC), Brasil. O peso total e o comprimento total das espécies com n ≥ 30 sofreram transformação logarítmica e foram plotados graficamente para identificação e remoção de outliers. Uma análise de regressão foi realizada para definir os parâmetros a e b, a partir dos quais a relação peso-comprimento de cada espécie foi estimada. A determinação do crescimento foi classificada em: isométrica (19 espécies), alométrica-positiva (12 espécies) e alométrica-negativa (4 espécies). A relação pesocomprimento para duas espécies encontradas neste estudo é inédita no Brasil, trazendo novas informações sobre a história de vida das espécies, além de resultados importantes para a avaliação da pesca regional.

Palavras-chave


ictiofauna, relação peso-comprimento, sul do Brasil.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Arquivos de Ciências do Mar

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.