Complicações micro e macrovasculares em pessoas com Diabetes Mellitus tipo 2 em atendimento ambulatorial

Valéria Cristina Delfino de Almeida, Samila Torquato Araújo, Francisca Diana da Silva Negreiros, Maria Isis Freire de Aguiar, Tatiana Rebouças Moreira, Ana Paula Plácido Crispim

Abstract


Objetivo: analisar os fatores relacionados às complicações micro e macrovasculares em pessoas com Diabetes Mellitus tipo 2. Métodos: pesquisa documental, com 134 prontuários de pessoas com Diabetes Mellitus tipo 2. Realizada análise estatística bivariada (Qui-quadrado de Pearson e teste de Fisher), com significância estatística se p<0,05. Resultados: a frequência de complicações microvasculares foi 50,7%, sendo a retinopatia a mais encontrada (61,7%). Houve associação estatística entre o grupo com mais de 10 anos de doença e a presença de retinopatia. A cardiopatia foi uma das complicações macrovasculares mais frequentes (69,0%). Quanto à utilização de insulinoterapia em monoterapia, houve significância na presença de nefropatia e doença vascular. Conclusão: resultados com significância estatística relacionaram o surgimento de complicações com o tempo de doença, destacando-se a presença de retinopatia diabética. Verificou-se que quanto menor a escolaridade, maior é o surgimento da doença vascular.

Keywords


Diabetes Mellitus Tipo 2; Complicações do Diabetes; Saúde Pública; Fatores de Risco; Atenção à Saúde.



DOI: http://dx.doi.org/10.15253/rev%20rene.v18i6.31092

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


SciELO - Scientific Electronic Library OnlineResultado de imagem para Rede Iberoamericana de Editoração Científica em Enfermagem