Near miss materno: fatores influenciadores e direcionamentos para redução da morbidade e mortalidade materna

Alana Santos Monte, Igor Cordeiro Mendes, Mônica Batista Oliveira Oriá, Francisco Herlânio Costa Carvalho, Helen Brown, Ana Kelve de Castro Damasceno

Resumo


Objetivo: analisar as evidências científicas acerca dos fatores que influenciam os casos de near miss materno e possíveis direcionamentos para redução da morbidade e mortalidade materna. Métodos: revisão integrativa com 2.895 artigos encontrados e 17 selecionados. Resultados:os fatores que influenciam nos casos de near miss foram: atrasos nos cuidados obstétricos; despreparo da equipe de saúde; condições precárias dos serviços; disponibilidade limitada de derivados de sangue; e deficiência no pré-natal, no uso de Práticas Baseadas em Evidências e nas auditorias. Como principais direcionamentos para minimizar esses eventos, evidenciaram-se: fortalecer a rede de referência e contrarreferência; realizar capacitação profissional; melhorar a cobertura do pré-natal; e investir na infraestrutura, na gestão de processos e em auditorias clínicas. Conclusão: os fatores que influenciam os casos de near miss materno englobam desde o atraso nos cuidados até a não realização do pré-natal, cuja melhoria na gestão constitui o principal direcionamento.

Palavras-chave


Mortalidade Materna; Morbidade; Saúde Materna; Near Miss; Enfermagem.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.15253/2175-6783.2018193182

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Este trabalho está licenciado sob Creative Commons – Licença CC BY  https://creativecommons.org/licenses/

 Marca ABEC Completa