Os evangélicos na produção visual brasileira contemporânea: análise da polêmica em torno do filme Terremoto Santo

Palavras-chave: Documentário, Imagem do Povo, Representação, Subalternidade.

Resumo

Nosso artigo propõe uma análise da polêmica em torno de Terremoto Santo (2017), de Bárbara Wagner e Benjamin de Burca, buscando localizá-la, em um primeiro momento, na tradição de representação de pobres e periféricos na arte brasileira; e, em seguida, em uma série mais ampla de polêmicas geradas pela representação de grupos evangélicos na produção visual brasileira contemporânea. Interessamo-nos pelo problema da recepção como elemento chave da produção de sentido e, consequentemente, da controvérsia gerada pelo filme.

Biografia do Autor

Diogo Rodrigues de Barros, Universidade de Montreal
Doutorando em história da arte no Departamento de história da arte e de estudos cinematográficos.

Referências

AMARAL, Aracy A., Arte pra quê? A preocupação social na arte brasileira 1930-1970. São Paulo: Studio Nobel, 2003.

BERNARDET, Jean-Claude. Cineastas e imagens do povo. São Paulo: Companhia das Letras, 2003.

FOSTER, Hal. For a concept of the political in Contemporary Art. In: FOSTER, Hal. Recodings. Art, Spectacle, Cultural Politics. New York : The New Press, 1985, p. 139-56.

GASSIOT-TALABOT, Gérald. La contestation est-elle possible? In: CASSOU, Jean et al. Art et contestation. Bruxelas: La Connaissance, 1968, p. 95-120.

GENETTE, Gérard. Seuils. Paris: Le Seuil, 1987.

GOBBI, Nelson. Do brega ao gospel, Bárbara Wagner investiga as relações entre cultura popular e os corpos, O Globo, 7 de maio de 2018. Disponível em: <https://oglobo.globo.com/cultura/artes-visuais/do-brega-ao-gospel-barbara-wagner-investiga-as-relacoes-entre-cultura-popular-os-corpos-22657562>. Acesso em: ??????.

JAUSS, H. R. Pour une esthétique de la réception. Paris: Gallimard, 1994.

RANCIÈRE, Jacques. Le spectateur émancipé. Paris: La Fabrique, 2008.

Publicado
2019-07-01
Seção
Dossiê: Colonialidades do crer, do saber e do sentir - implicações epistemológicas nos estudos da religião