O LEGADO HISTÓRICO DA REVOLUÇÃO RUSSA E A ATUALIDADE DE SEUS FUNDAMENTOS TEÓRICOS E POLÍTICOS

  • Alisson Slider do Nascimento de Paula Universidade Estadual do Ceará http://orcid.org/0000-0001-6356-3773
  • Emmanoel Lima Ferreira Universidade Regional do Cariri (URCA)
  • Kátia Regina Rodrigues Lima Universidade Regional do Cariri (URCA)
  • Frederico Jorge Ferreira Costa Universidade Estadual do Ceará (UECE).
Palavras-chave: Revolução Russa, Crise do Capitalismo, Partido e Revolução.

Resumo

O artigo destaca a relevância histórica da Revolução Russa e a atualidade de seus fundamentos teóricos e políticos. A pesquisa é teórico-bibliográfica. O legado da Revolução de Outubro foi a URSS impedir o nazismo de vencer a guerra e o mundo se tornar um imenso campo de concentração. A ameaça vermelha obrigou a burguesia europeia a criar o Estado do Bem Estar-Social. A Revolução de 1917 ensina para a América Latina que abandonar os objetivos socialistas acaba levando ao abandono, inclusive, das bandeiras democráticas e que, somente um governo dos trabalhadores expropriando a burguesia poderá realizar a contento essas bandeiras.

Biografia do Autor

Alisson Slider do Nascimento de Paula, Universidade Estadual do Ceará
Doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE-UECE). Integrante do Grupo de Pesquisa em Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE). Professor do curso de Educação Física do Instituto Superior de Teologia Aplicada (INTA).
Emmanoel Lima Ferreira, Universidade Regional do Cariri (URCA)
Doutor em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará. Professor da Universidade Regional do Cariri (URCA).
Kátia Regina Rodrigues Lima, Universidade Regional do Cariri (URCA)
Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Professora da Universidade Regional do Cariri (URCA).
Frederico Jorge Ferreira Costa, Universidade Estadual do Ceará (UECE).
Doutor em Educação pela Universidade Federal do Ceará, professor na Faculdade de Educação de Itapipoca da Universidade Estadual do Ceará, pesquisador colaborador do Instituto de Estudos e Pesquisas do Movimento Operário (IMO/UECE). Coordenador do Grupo de Pesquisa em Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE).

Referências

AMIN, Samir. Geopolítica do imperialismo contemporâneo. In: BORON, Atilio A. (Org). Nova hegemonia mundial: alternativas de mudança e movimentos sociais. Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales, 2004.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. Manifesto do partido comunista. Madri: Mestas Ediciones, 2007.

PRADO JUNIOR, Caio. A revolução brasileira: perspectivas em 1977. 6 ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1978

Publicado
2018-11-07
Como Citar
de Paula, A. S. do N., Ferreira, E. L., Lima, K. R. R., & Costa, F. J. F. (2018). O LEGADO HISTÓRICO DA REVOLUÇÃO RUSSA E A ATUALIDADE DE SEUS FUNDAMENTOS TEÓRICOS E POLÍTICOS. Revista Labor, 1(19), 87-96. https://doi.org/10.29148/labor.v1i19.19694
Seção
Artigos