Brasil 2013:

ódio e laço social contemporâneo

  • Eneas de Araújo Arrais Neto Instituto Federal do Ceará - IFCE Campus Sobral
  • Francirene de Sousa Paula
  • Jerciano Pinheiro Feijó Instituto Federal de Educação - IFCE Campus Caucaia
Palavras-chave: Ódio, Laço Social, Psicanálise, Insconsciente, Manifestações Sociais

Resumo

Este artigo tem por objetivo refletir a relação entre ódio e laço social contemporâneo a partir das manifestações sociais, chamadas “jornadas de junho”, ocorridas em 2013 no Brasil, destacando suas marcas expressivas de raiva e destrutividade voltadas para as representações do gozo capitalista, insígnias do mal estar na cultura contemporânea. Interroga, segundo os estudos freudianos sobre a cultura, o lugar da negatividade do ódio na constituição do laço social, colocando em cena as relações do sujeito com o outro, sobretudo quando este é tratado como objeto. Trata-se assim de mostrar que há uma lacuna nas críticas dirigidas às jornadas quando reduzidas tais manifestações a atos de vandalismo e de violência, ignorando o aspecto do ódio no sentido de uma recusa do sujeito (pobre, negro, gay, mulher etc.) em ser considerado desprezível pela sociedade do capital.

Biografia do Autor

Eneas de Araújo Arrais Neto, Instituto Federal do Ceará - IFCE Campus Sobral

Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará (1981); Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (1986), Doutorado Sanduiche pelo Institute of Education da University of London - Uk (1998), Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (1999); Pós-doutorado em Filosofia da Arte e Subjetividade pela Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales-Fr;Pós-Doutorado na UNINOVE em São Paulo, Brasil, em 2013, sobre Formação Humana Integral em Marx, Gramsci e na Teoria Crítica. Docente de Graduação nos cursos de Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Letras e Licenciatura em Física, e docente e pesquisador de pós-graduação no PPGArtes/IFCe.

Francirene de Sousa Paula

Graduação em Psicologia (1999), Mestre (2004) e Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2017). Atua no campo profissional e de pesquisa nas áreas de psicanálise e educação.

Jerciano Pinheiro Feijó, Instituto Federal de Educação - IFCE Campus Caucaia

Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Ceará, graduação em História pela Universidade Regional do Cariri (2001). Atualmente é professor de educação básica e tecnológica do Instituto Federal do Ceará - Campus Caucaia. Tem experiência na área de Sociologia, Antropologia História e Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, educação profissional, capitalismo, cultura popular, literatura popular e cariri.

Referências

ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. Trad. de Wolgang Leo Maar. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1995.

CONH, Gabriel (Org.). Theodor W. Adorno. 2 ed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1994.

FREUD, Sigmund. Pulsões e destinos das pulsões. Trad. sob a coordenação de Luis A. Hanns. Rio de Janeiro: Imago Ed., 2004. (Obras psicológicas de Sigmund Freud, Vol I).

______. O Inconsciente. Trad. sob a coordenação de Luis A. Hanns. Rio de Janeiro: Imago Ed., 2006. (Obras psicológicas de Sigmund Freud, Vol I).

______. Além do princípio de prazer. Trad. sob a coordenação de Luis A. Hanns. Rio de Janeiro: Imago Ed., 2006. (Obras psicológicas de Sigmund Freud, Vol I).

______. O Eu e o Id. Trad. sob a coordenação de Luis A. Hanns. Rio de Janeiro: Imago Ed., 2007. (Obras psicológicas de Sigmund Freud, Vol III).

______. Totem e Tabu. Trad. sob a direção de Jayme Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1988. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, Vol XIII).

______. Psicologia das massas e análise do eu. Trad. de Paulo Cesar de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2014. (Sigmund Freud obras completas, Vol. 15).

______. O Futuro de uma ilusão. Trad. sob a direção de Jayme Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1988. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, Vol XXI).

______. O Mal-Estar na Civilização Trad. de Paulo Cesar de Souza. São Paulo: Companhia das Letras, 2010. (Sigmund Freud obras completas, Vol. 18).

______.Moisés e o monoteísmo. Trad. sob a direção de Jayme Salomão. Rio de Janeiro: Imago, 1988. (Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud, Vol XXIII).

LEBRUN, Jean-Pierre. A Perversão Comum. Trad. de Procópio Abreu. Rio de Janeiro: Campo Matemico, 2008.

______. O Futuro do ódio. Trad. de João Fernando C. Correa. Porto Alegre: CMC, 2008.

JORGE, Marco A. C. Fundamentos da Psicanálise: de Freud a Lacan. vol I. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed, 2000.

POMMIER, Gérard. Freud apolítico? Trad. de Patrícia Chitoni Ramos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1989.

ZIZEK, Slavoj. Bem vindo ao deserto do Real. Trad. de Paulo Cezar Castanheira. São Paulo: Boitempo, 2003.

______. Como ler Lacan. Trad. de Maria Luiza X. de A. de Borges. Rio de Janeiro: Zahar, 2010.

______.Violência. Trad. de Miguel Serras Pereira. São Paulo: Boitempo, 2014.
Publicado
2020-12-30
Como Citar
ARRAIS NETO, E. DE A.; PAULA, F. DE S.; FEIJÓ, J. P. Brasil 2013: . Revista Labor, v. 2, n. 24, p. 617-637, 30 dez. 2020.
Seção
Artigos