A DINÂMICA DA COOPERAÇÃO: UM ESTUDO LONGITUDINAL EM REDES EMPRESARIAIS DO SETOR MOVELEIRO

  • Douglas Wegner Universidade de Santa Cruz do Sul
  • Greice De Rossi Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Tiago Franquini Scarano Unidade Integrada Vale do Taquari de Ensino Superior
Palavras-chave: Redes interorganizacionais. Redes de pequenas empresas. Cooperação. Dinâmica.

Resumo

Poucos estudos sobre redes interorganizacionais (RIOs) consideram o caráter dinâmico dacooperação e as mudanças que ocorrem ao longo do tempo. Partindo dessa lacuna, o estudoanalisou as mudanças ocorridas entre 2004 e 2011 em duas RIOs constituídas por fábricas demóveis no Rio Grande do Sul. Para análise da trajetória das redes foram selecionadas trêsvariáveis: gestão da cooperação e resultados obtidos pelos participantes; ambiente relacional darede e confiança entre os participantes; e, apoio de agentes externos. Verificou-se que, apesar dosresultados positivos que essas redes obtinham em 2004 e do desenvolvimento de um ambienterelacional favorável entre os empresários, a complexidade gerencial e a ocorrência de eventoscríticos levaram uma delas ao encerramento e a outra a reduzir as atividades cooperativas. Gerarnovos benefícios à medida que mudam os interesses individuais e ocorrem eventos críticos é umdesafio para a gestão de RIOs.

Biografia do Autor

Douglas Wegner, Universidade de Santa Cruz do Sul
Doutor em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Professor Adjunto da Universidade de Santa Cruz do Sul.

Greice De Rossi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Mestre em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Participante do Núcleo de Inovação RS - Sistema FIERGS.
Tiago Franquini Scarano, Unidade Integrada Vale do Taquari de Ensino Superior
Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Maria; Técnico Extensionista do Projeto PEIEX/UNISC e Professor do Centro de Gestão Organizacional da UNIVATES.
Publicado
2014-01-31
Seção
Artigos